Nigéria x África do Sul: Palpites com odds 7+ na Copa Africana

12 minutos de leitura
Nigéria, Copa Africana de Nações
Foto: Reprodução/X @CAF_Online

Hora das semifinais! Nesta quarta, Nigéria x África do Sul define a primeira finalista da Copa Africana de Nações, e aqui vão nossos palpites e dicas de aposta no jogo, com odds 7.47.

Nas quartas de final, lançamos aqui no site um GREEN com odds 6+ em Nigéria x Angola! Vamos em busca de mais um na partida decisiva desta quarta.

💰 ALERTA DE OFERTA! Dois motivos pra você criar sua conta na Betfair:

1) Você recebe até R$200 de apostas grátis
2) Tem bônus pra apostar todo final de semana

betfair
Até R$200 dobrados em apostas grátis
T&Cs apply

Aqui no site você encontra, diariamente, o melhor do basquete e do futebol: palpites e dicas de aposta sempre lançadas de forma gratuita.

Os palpites de Nigéria x África do Sul foram feitos na plataforma da Betfair. Além da promoção de cadastro citada acima, a casa ainda oferece o retorno do valor investido em bônus na modalidade Criar Aposta. Para isso, precisamos seguir algumas regras, que estão presentes no nível 2 desse palpite. Leia os termos antes de apostar.

Confira, a seguir, a aposta em dois níveis do nosso especialista, que vem fazendo os palpites na Copa Africana desta edição e conseguindo ótimos resultados.

Siga os palpites de Nigéria x África do Sul

Nos botões abaixo, você carrega a aposta completa da partida direto na Betfair — só precisa abrir o link por um dispositivo móvel.

Palpite de nível 1 ⬇️

O primeiro nível das dicas de aposta em Nigéria x África do Sul tem odds 3+ e pode ser carregado pelo botão abaixo. Recomendo a leitura da pesquisa, mais abaixo na página, para entender o raciocínio por trás das escolhas de aposta.


Palpite de nível 2 ⬇️

O segundo nível das dicas de aposta em Nigéria x África do Sul tem odds 3+ e pode ser carregado pelo botão abaixo De novo: recomendo a leitura da pesquisa SEMPRE antes de apostar.

GREEN na Copa Africana ✅

Nas quartas de final, a Nigéria enfrentou Angola. Aqui no site, lançamos um palpite em dois níveis para o jogo, e ambos deram GREEN. O nível 2 tinha odds 6+!

Nigéria x África do Sul

Faltam três partidas para o final da Copa Africana de Nações e, agora, restaram apenas campeões na disputa. A primeira partida das semifinais, Nigéria x África do Sul, põe em evidência quatro conquistas. Os nigerianos venceram em 1980, 1994 e 2013; os sul-africanos, em 1996, no que era um momento catártico para o país recém-saído do Apartheid e governado por Nelson Mandela. 

Ninguém chegou tantas vezes às semifinais quanto a Nigéria, que acumula 8 terceiros lugares e 4 vice-campeonatos, além de seus títulos. Isso demonstra a força do país, mas também sua dificuldade histórica nessa fase. O passado sul-africano é mais modesto, com uma prata e um bronze. 

  • calendar-date-purple
    Data: Quarta-feira, 07 de Fevereiro
  • trophy-purple
    Competição: Copa Africana de Nações
  • clock-purple
    Horário: 14:00
  • tv-hd-purple
    Onde assistir: Bandplay (streaming), Esporte na Band (YouTube) e Band.com.br (site)

Nenhum dos adversários da vez era favorito ao título continental, mas o futebol é jogado dentro das quatro linhas, e as equipes se provaram dignas de chegar entre as melhores do continente. 

No caminho à final, as Super Águias nigerianas avançaram em um grupo com Guiné Equatorial, Costa do Marfim e Guiné Bissau; nos mata-matas, eliminaram Camarões (2×0) e Angola (1×0). A trajetória dos Bafana Bafana foi um pouco mais tortuosa, mas não menos impressionante. Com o segundo lugar de um grupo que tinha Mali, Namíbia e Tunísia, enfrentaram o favorito Marrocos, vencendo com autoridade (2×0), e suaram para deixar a surpresa Cabo Verde pelo caminho (0x0, vitória nos pênaltis).

No último confronto entre os países, válido pelas quartas da CAN de 2019, a Nigéria levou a melhor: 2×1. Os gols foram marcados por jogadores que seguem no elenco, William Troost-Ekong e Samuel Chukwueze.


Um dos piores pesadelos nigerianos pode acontecer

Depois de dar tudo de si nas quartas de finais, Victor Osimhen foi substituído no minuto 89, dando lugar ao gigante Paul Onuachu, de 2,01m. Parecia uma alteração tática, para que alguns minutos passassem e, além de tudo, para reforçar a bateria antiaérea nigeriana, contra os avanços descoordenados e, ainda assim, perigosos de Angola. Em parte, a justificativa procede. Porém, Osimhen sofreu um problema abdominal e é dúvida para o jogo contra a África do Sul.

Enquanto o restante do time viajou a Bouaké, onde o confronto de semifinais acontece, Osimhen permaneceu na capital marfinense, Abidjan, em observação junto a um membro do corpo médico de seu selecionado. Um comunicado oficial da Federação Nigeriana de Futebol confirmou a informação, deixando uma chispa de esperança no ar: “Se for liberado amanhã [quarta-feira] de manhã, ele se juntará ao resto do time antes das 17h [horário local]”.

Osimhen, Nigéria, Copa Africana de Nações
Foto: Reprodução/X @CAF_Online

Diferentemente do que aconteceu na última partida, caso o craque fique fora, a tendência é a entrada de Kelechi Iheanacho ou Terem Moffi em seu lugar, que ainda não têm sequer um minuto disputado na competição, não de Onuachu.

“Compreendo o talento e as capacidades de Kelechi, mas prefiro não me alongar em situações individuais”, pontuou. “Se eu precisasse marcar gols contra Camarões, Kelechi poderia ter entrado em campo, mas nosso foco era proteger a vantagem. Colocá-lo não foi necessário para nossa estratégia tática. Eu gostaria de colocar os 25 jogadores em campo”, disse o treinador português José Peseiro. O recado foi passado.

Escalação da Nigéria

🇳🇬 Nwabili; Ajayi, Troost-Ekong e Bassey; Aina, Onyeka, Iwobi e Zaidu; Simon, Osimhen (Moffi ou Iheanacho) e Lookman. Treinador: José Peseiro.

https://twitter.com/harrizone98/status/1753474561046151615

O treinador Peseiro começa a sentir o peso de suas escolhas. Além de rodar pouco o elenco, seu esquema tático 3-4-3 e a dificuldade para marcar gols têm feito com que seu time precise correr intensamente até o final de seus jogos. Alguns jogadores como Alex Iwobi e Frank Onyeka deram sinais claros contra Angola de que a fadiga acumulada começou a cobrar um preço.

Ainda assim, a tendência é a de que Peseiro repita a fórmula que vem dando certo. Stanley Nwabili defende a meta nigeriana e é protegido pelo trio de zagueiros formado Calvin Bassey, Semi Ajayi e pelo capitão William Troost-Ekong. Pelas alas, a tendência é a escalação de Ola Aina, pela direita, e de Zaidu Sanusi, pela esquerda.

No meio-campo Onyeka e Iwobi devem ter sequência, ainda que não se saiba se conseguirão atuar durante os 90 minutos. No ataque, Peseiro vai esperar até a manhã da quarta-feira para decidir quem comanda o setor. Com um problema abdominal, Osimhen pode dar lugar a Moffi ou Iheanacho. Astro do time na competição, Ademola Lookman está confirmado e deve ter a companhia de Moses Simon.


Uma defesa trancada pelo cadeado Ronwen Williams

Um dos vários jogadores sul-africanos que defendem o Mamelodi Sundows, campeão vigente do campeonato nacional, o goleiro Ronwen Williams tem tido prestações decisivas na CAN. Ele é parte integral da defesa que mais obteve clean sheets na competição (4) e é o 4º arqueiro com mais defesas de todo o torneio, 12. 

A retaguarda sul-africana tem se comportado bem, mas pode contar com Williams — além da sorte, que encontrou os Bafana Bafana, quando o marroquino Achraf Hakimi desperdiçou uma penalidade máxima. Pênaltis, aliás, permitiram o avanço da África do Sul às semifinais. Mais os defendidos do que os convertidos. Williams foi instrumental para a classificação de seu país, defendendo as batidas de Patrick Andrade, Laros Duarte, Willy Semedo e Bebé. Ou seja, todas as chances cabo-verdianas. 

Tudo poderia ter sido colocado a perder. A África do Sul só chegou às penalidades por conta de uma defesa decisiva, no apagar das luzes, quando Ronwen negou um gol ao atacante Gilson Benchimol. “Faltavam apenas alguns minutos para o final. Para mim, essa defesa se destaca mais do que qualquer outra coisa. Estou orgulhoso de ter conseguido manter meu time no jogo, porque eles não me dão muito trabalho”, comentou após a partida.

Escalação da África do Sul

🇿🇦 Williams; Mudau, Mvala, Kekana e Modiba; Mokoena e Sithole; Morena, Zwane e Tau; Makgopa. Treinador: Hugo Broos.

Hugo Broos, técnico da África do Sul
Foto: Reprodução/X @CAF_Online

O técnico Hugo Broos não tem problemas para a partida contra a Nigéria, embora esteja atento aos passos de Aubrey Modiba, Grant Kekana e Mothobi Mvala, que compõem a base de sua defesa. Todos ficam fora de uma eventual final caso recebam um cartão amarelo. Este é, contudo, um problema para outra hora. A tendência é a manutenção do time titular.

No gol, joga o capitão Williams. A defesa, com quatro jogadores, tem Khuliso Mudau, pela lateral direita, Mvala e Kekana na zaga; na lateral esquerda, segue Modiba.

O meio-campo deve ter Teboho Mokoena e Yaya Sithole com mais funções de contenção, Percy Tau, Thapelo Morena e Themba Zwane na criação de jogadas, assistindo ao centroavante Evidence Makgopa


Palpites em Nigéria x Áfica do Sul

Dicas de aposta em dois níveis

Aposta 1
betfair
Odds: 1.26
Chance dupla: Nigéria ou África do Sul

Nigéria e África do Sul chegam às semifinais com retrospectos similares. São as melhores defesas da competição. Enquanto as Super Águias concederam apenas 1 tento, na estreia, os Bafana Bafana foram vazados 2 vezes, ambas também no jogo de abertura. 

Os países têm seus avanços de fase muitas vezes pautados no compromisso tático e solidez defensiva, mais do que no poder ofensivo. São, inclusive, equipes que tendem a entregar a bola ao adversário. O jogo se mostra muito igual.

Aposta 2
betfair
Odds: 1.44
Teboho Mokoena comete 2+ faltas

Além do goleiro Ronwen Williams, há um nome cuja importância no time sul-africano não pode ser diminuída, o do meio-campista Teboho Mokoena. Aos 27 anos, o jogador é uma espécie de faz-tudo e se revelou, entre os atletas de linha, o mais consistente durante toda a competição. 

Tem funções ofensivas e defensivas e números elevados em uma série de critérios, entre os quais o de faltas cometidas. É o 3º jogador com mais infrações na competição, 14, as quais perfazem uma média de 2,8 por partida.

Aposta 3
betfair
Odds: 1.14
Ademola Lookman comete 1+ faltas

Decisivo nas partidas diante de Camarões e Angola, Ademola Lookman não vem tendo destaque apenas nas suas participações ofensivas, com gols decisivos. O atacante da Atalanta também mostra o quanto os nigerianos têm colocado o coração em suas chuteiras.

Lookman está entre os jogadores que mais sofrem faltas na competição, mas não deixa barato. É também o 3º atleta com mais faltas cometidas. São 14 até o momento ou 2,8 a cada partida.

Aposta 4
betfair
Odds: 1.57
Evidence Makgopa dá 1+ chutes no alvo

Titular em todos os jogos da África do Sul até o momento, o centroavante Evidence Makgopa marcou apenas 1 gol na competição, mas isso não quer dizer que não esteja dificultando a vida das defesas rivais. Ele tem 8 finalizações na competição, 5 das quais atingindo o alvo. Não são tantas oportunidades, mas o atacante tem tido muita precisão, sendo a principal referência ofensiva da equipe. 

Além disso, tem média de 82 minutos por jogo, ou seja, bastante tempo em campo para tentar sua sorte.

Até R$200 dobrados em apostas grátis
+18, jogo responsável. Leia os Termos e Condições abaixo.

Termos e Condições da Betfair


Não tem conta na Betfair?

Se curtiu os palpites de Nigéria x África do Sul, cadastre-se na Betfair pelo link abaixo, faça um aposta de R$10 e veja os possíveis resultados:

Você receberá R$74 na hora se a aposta de nível 2 for bem sucedida

🔄 100% do valor do seu primeiro depósito em créditos de aposta (até R$200)

💰 Bônus com o valor investido de volta se a aposta de nível 2 ficar a apenas uma seleção de bater

betfair
Até R$200 dobrados em apostas grátis
T&Cs apply