Inglaterra x Brasil: Dicas de aposta e palpites com odds 7+

10 minutos de leitura
Bellingham, Vinicius Jr. Inglaterra x Brasil: Palpites e dicas de aposta no amistoso internacional
Fotos: Reprodução/X @England e Lucas Figueiredo / CBF
Betfair

Odds 4.0 para o Palmeiras marcar pelo menos 1 gol contra o Flamengo

Palmeiras x Flamengo. domingo 21 abril, 16:00
Para novos usuários. Abra conta com código ZPBL37. Depósito mín. R$10 e aceite oferta. 18+, Jogo Responsável. Leia os T&Cs.

Neste sábado, todo mundo vai estar ligado no jogaço Inglaterra x Brasil, amistoso internacional da nossa seleção. Aqui vão dicas de aposta com odds 7+ no duelo.

MAIS DICAS DE SÁBADO

🇺🇸 Palpites na MLS com odds 4+

Um dos nossos especialistas pegou essa partida pra estudar e lançou uma aposta em dois níveis no jogo que marca a estreia do técnico Dorival Júnior no comando da seleção. É recomendável uma conta na Betfair pra acessar os mesmos mercados e odds.

🚀 Receba até R$200 em apostas grátis! Se ainda não tem conta na Betfair, aproveita a oferta ⬇️

betfair
Dobre seu primeiro depósito em bônus!
T&Cs apply

GREEN na Data Fifa ✅

Mesmo com pouca oferta de jogos nessa semana, já conquistamos nosso green com os jogos de quinta-feira das Eliminatórias da Euro!

Quem acompanhou as dicas do AeP garantiu odds 3+ com essa aposta nos duelos do Velho Continente.

GREEN Euro 21.03

Inglaterra x Brasil

Nos últimos anos, o Brasil foi muito cobrado por fazer amistosos de baixa qualidade, encontrando frequentemente adversários que não impunham as dificuldades que têm sido encontradas nas últimas edições de Copa do Mundo. O jogo contra a Inglaterra foge desse perfil. Os Three Lions têm alguns dos melhores jogadores do planeta, como Jude Bellingham e Phil Foden, e estão cotados entre os favoritos ao título da Euro 2024, no meio do ano. 

  • calendar-date-purple
    Data: Sábado, 23 de Março
  • trophy-purple
    Competição: Amistoso Internacional
  • clock-purple
    Horário: 17:00
  • tv-hd-purple
    Onde assistir: sportv 2

A partida tem outros atrativos. Depois da decepção de falhar na contratação do italiano Carlo Ancelotti, a CBF acertou com Dorival Júnior. O enfrentamento com os ingleses é o primeiro desafio do comandante, que teve problemas para fazer sua convocação e deve promover estreias. Jogadores como os jovens Lucas Beraldo e João Gomes estão cotados para receber suas primeiras internacionalizações.

Gareth Southgate, por sua parte, não encara o amistoso com tanta importância. Todo o seu trabalho, neste momento, resume-se a deixar a equipe bem preparada para a Euro. Ele não tem Bukayo Saka, cortado, e Harry Kane, com um pequeno problema no tornozelo. Na convocação, há 4 jogadores que ainda não vestiram o famoso uniforme branco: os zagueiros Ezri Konsa e Jarrad Branthwaite, o volante Kobbie Mainoo e o atacante Anthony Gordon.

O confronto entre brasileiros e ingleses já aconteceu 26 vezes, com 11 triunfos da Canarinho, 11 empates e 4 vitórias britânicas. No entanto, os últimos três confrontos foram negativos para o quadro verde e amarelo (2 empates e 1 derrota). Em novembro de 2017, último jogo entre os países, o placar não saiu do 0x0.

Só se pensa em vencer a Euro

Kyle Walker, seleção da Inglaterra
Foto: Reprodução/X @England

Na Inglaterra, a partida deste sábado não é tratada com exigência de vitória. O treinador Gareth Southgate promete testes, objetivando consolidar o elenco que viaja à Alemanha no meio do ano, para a disputa da Euro 2024. O treinador tem tido problemas com lesões, o que tem aumentado a incerteza quanto ao material humano que estará disponível.

Na defesa, a titularidade de Harry Maguire e John Stones é praticamente garantida, mas a reserva está em aberto. Diversos nomes, como os de Lewis Dunk, Konsa, Branthwaite, Marc Guéhi, Fikayo Tomori, Tyrone Mings, Levi Colwill e Joe Gomez estão na disputa. No meio-campo, com o envelhecimento de Jordan Henderson e a queda de forma de Kalvin Phillips, há outro espaço de indefinição. E, no ataque, alguns atletas disputam a reserva de Kane, como Ivan Toney, Ollie Watkins, Callum Wilson e Eddie Nketiah.

“Há um ótimo equilíbrio. Temos alguns grandes líderes e a maturidade dos jovens é muito importante, é primordial. Todos os caras abaixo de 24, 25 anos agem como se tivessem 30 […] É muito claro para mim que estamos diante de um ambiente vencedor. Os torcedores da Inglaterra devem ficar empolgados. Por que não? Olhem os jogadores que temos no time. Todos estão jogando em um nível alto e consistentemente. Penso que temos atletas de elite em todas as posições”, comentou Gordon, um dos que pode estrear.

Para a Euro faltam alguns meses, mas a hora de ganhar uma vaga entre os selecionáveis é agora.


Escalação da Inglaterra

🏴󠁧󠁢󠁥󠁮󠁧󠁿 Provável escalação: Pickford; Walker, Stones, Maguire e Chilwell (Gomez); Rice, Henderson e Bellingham; Foden, Watkins (Toney) e Rashford. Técnico: Gareth Southgate.

O treinador Gareth Southgate tem quase todas as principais escolhas defensivas disponíveis. No gol, Jordan Pickford tem sido a principal escolha inglesa há tempos e deve se manter entre os onze titulares. 

A defesa, que não conta com Trent Alexander-Arnold, Kieran Trippier e Reece James, lesionados, nem Ben White, que pediu para não ser chamado, começa com Kyle Walker pela lateral direita. Na zaga, os titulares habituais, Stones e Maguire, devem iniciar a partida. A principal dúvida na primeira linha fica por conta da lateral esquerda. Luke Shaw está machucado. A tendência é que Ben Chilwell atue, mas Gomez, em ótima fase no Liverpool, pode ganhar uma oportunidade.

No meio-campo, há duas certezas: as presenças de Declan Rice e Bellingham. A tendência é que Henderson complete o setor. No ataque, sem Saka e Kane, Foden deve atuar na direita e Marcus Rashford pela esquerda. No centro do ataque, Watkins disputa uma vaga com Toney.


Recomeço com Dorival

Dorival Júnior, técnico da Seleção Brasileira
Foto: Staff Images/CBF

Todas as vezes em que a Seleção Brasileira começa um novo trabalho, é inevitável o surgimento de expectativas, especialmente quando despontam no horizonte muitas caras novas. É exatamente isso que se está vivendo. Depois de passagens recentes e vitoriosas por Flamengo e São Paulo, o treinador Dorival Júnior se beneficiou do insucesso de Fernando Diniz e do fracasso das negociações com Ancelotti e foi escolhido novo treinador da Canarinho.

Em seu primeiro desafio, considerando alguns cortes que foi obrigado a fazer, chamou 11 atletas que nunca defenderam a famosa camisa verde e amarela: os goleiros Bento, Rafael e Léo Jardim, os zagueiros Fabrício Bruno, Murilo e Beraldo, o lateral esquerdo Wendell, os volantes João Gomes e Pablo Maia, e os atacantes Savinho e Galeno. Grande parte destes nomes deve receber minutos na Data Fifa, contra Inglaterra e Espanha.

“Estamos tentando mudar alguns conceitos, entender ideias que ele tem para a gente […] Temos que aproveitar ao máximo o tempo, treinar ficar com a bola, fazer o jogo, acionar os pontas em condição de 1×1. Sabemos que temos grandes jogadores, vamos formar um grande time”, comentou Bruno Guimarães, um dos jogadores que pode ver sua influência na seleção crescer.

O recomeço aguça a curiosidade sobretudo por não trazer alguns dos pilares do selecionado brasileiro nos últimos anos, como os goleiros Alisson e Ederson, o zagueiro Marquinhos, o volante Casemiro e o atacante Neymar. Na provável equipe escalada, o lateral Danilo surge como uma ilha de experiência, em meio ao mar de juventude. 

Escalação do Brasil

🇧🇷 Provável escalação: Bento; Danilo, Fabrício Bruno (Bremer), Beraldo e Wendell; João Gomes (Douglas Luiz), Bruno Guimarães e Lucas Paquetá; Raphinha, Rodrygo e Vinícius Júnior. Técnico: Dorival Júnior.

Rodrygo, Seleção Brasileira
Foto: Vitor Silva / CBF

Sem contar com Alisson e Ederson, lesionados, a titularidade do gol da Canarinho caiu nas mãos de Bento, que se prepara para estrear pela Seleção Brasileira. 

Danilo deve ser a principal referência defensiva de uma escalação em que a tendência é a escolha de uma dupla de zaga novata, com Fabrício Bruno e Beraldo — Bremer corre por fora. É importante lembrar que Marquinhos e Gabriel Magalhães estão lesionados. Na lateral esquerda, Wendell já não é tão jovem, mas é outro que deve ter sua primeira oportunidade.

Sem Casemiro, tudo indica que João Gomes ganhará a disputa pela titularidade com Douglas Luiz. Ambos vivem grande fase na Premier League. O restante do meio-campo conta com Bruno Guimarães e Lucas Paquetá, que volta a ser convocado depois de ser omitido das últimas listas.

No ataque, Vinícius Júnior e Rodrygo têm presença garantida, e a expectativa é de que Raphinha complete o setor.


Dicas de aposta em Inglaterra x Brasil

A seguir, você confere as dicas de aposta e as pesquisas completas pra cada seleção em Inglaterra x Brasil, escolhidas na plataforma da Betfair.

Confira abaixo os palpites para o confronto. Em “Ler pesquisa“, você pode ver a análise de cada entrada. E clicando em “Apostar agora” você carrega a aposta completa.

⚠️ APOSTE COM MODERAÇÃO!

Palpites em dois níveis

Aposta 1
betfair
Odds: 1.57
Phil Foden dá 1+ chutes no alvo

As ausências de Saka e Kane abrem espaço para outras estrelas inglesas brilharem. Entre as opções remanescentes para o ataque, é provável que o jogador em melhor forma seja Phil Foden. 

O polivalente atleta do Manchester City tem 11 gols e 7 assistências pelos Citizens na Premier League, mas ainda luta para se firmar entre as principais escolhas do Team England. Contra o Brasil, terá uma excelente oportunidade de ganhar pontos com Gareth Southgate e potencializar seu bom momento. 

No clube, costuma acertar 1.3 finalizações no alvo, por partida.

Aposta 2
betfair
Odds: 1.25
Kyle Walker comete 1+ faltas

A história recente conta que Kyle Walker já conseguiu frear Vinícius Júnior. O lateral do Manchester City está em ótima fase. Ainda assim, é difícil fazê-lo sem cometer faltas, sobretudo em um ambiente distinto do vivido em Manchester, com outros companheiros e outro nível de entrosamento. 

No Campeonato Inglês, o experiente defensor comete praticamente uma infração por partida (0.9). 

Aposta 3
betfair
Odds: 1.4
Goleiro da Inglaterra faz 2 ou mais defesas

Mesmo quando o Brasil não está em seu melhor, segue sendo um time com muitos jogadores de alta qualidade. Um ataque com dois jogadores do Real Madrid, Vinícius Júnior e Rodrygo, não é passível de se subestimar. 

Nas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo, mesmo com desempenho insuficiente, sendo extremamente criticada e jogando muitas vezes contra equipes que se limitaram a marcar, a Canarinho conseguiu, em média, dar 4 chutes no alvo. 

É esperado que os brasileiros consigam incomodar Jordan Pickford, que já é muito exigido no Everton, registrando uma média de 3.1 defesas por jogo.

Aposta 4
betfair
Odds: 1.3
Inglaterra dá 4 ou mais chutes no alvo

O Brasil nunca entra em campo como azarão, mas hoje o favoritismo é da Inglaterra, que joga em casa, tem um trabalho longevo e um time estruturado. Isso sem falar na presença daquele que é, para muitos, o melhor jogador do planeta no momento: Bellingham. 

Além de tudo, os Three Lions enfrentam uma defesa que — independentemente da composição — nunca atuou junta. Isso tudo sugere que a Inglaterra consiga algumas finalizações de qualidade contra a Canarinho. 

Nas Eliminatórias da Euro, sua média de chutes no alvo por partida foi de 5.6.

Dobre seu depósito na Betfair!
+18, jogo responsável. Leia os termos e condições (link abaixo).

Leia os Termos e Condições da Betfair