Espanha x Brasil: Dicas de aposta e palpites com odds 7+

12 minutos de leitura
Rodri, Rodrygo. Espanha x Brasil: Dicas de aposta e palpites com odds 7+
Fotos: Reprodução/X @SEFutbol e Staff Images / CBF
Betfair

ODDS 5.0 NA VITÓRIA DO FLAMENGO

Atlético-GO x Flamengo. domingo 14 abril, 16:00
Para novos usuários. Abra conta com código ZPBL34. Depósito mín. R$10 e aceite oferta. 18+, Jogo Responsável. Leia os T&Cs.

Nesta terça-feira, a seleção tem mais um desafio! Confira dicas de aposta em Espanha x Brasil, amistoso internacional, com odds 7+.

MAIS DICAS DE TERÇA

🏴󠁧󠁢󠁥󠁮󠁧󠁿🇧🇪 Inglaterra x Bélgica com odds 7+

🏴󠁧󠁢󠁷󠁬󠁳󠁿🇵🇱 País de Gales x Polônia com odds 7+

⚽🌏 Palpites nas Eliminatórias da Ásia

Um dos nossos especialistas pegou essa partida pra estudar e lançou uma aposta em dois níveis nesse jogaço, que será realizado em Madrid. É recomendável uma conta na Betfair pra acessar os mesmos mercados e odds.

🚀 MEGA COTAÇÃO! Betfair pagando odds 2.0 pro Brasil dar 3+ chutes no alvo.

betfair
Pegue odds 2.0 para o Brasil dar 3+ chutes no alvo
T&Cs apply

+18, jogo responsável. Se a aposta bater, será paga como Mega Cotação dentro de 24 horas. Leia os termos e condições da Betfair.

Palpites em Espanha x Brasil

Aqui estão os botões para carregar as apostas completas de Espanha x Brasil. Recomendo a leitura da pesquisa, ao final da página, para entender o raciocínio por trás das escolhas.

Palpite de nível 1 ⬇️

A aposta de nível 1 para Espanha x Brasil tem odds 3+ na Betfair. Você pode carregar diretamente o cupom clicando no botão abaixo.

Palpite de nível 2 ⬇️

A aposta de nível 2 para Espanha x Brasil tem odds 7.0 na Betfair. Você pode carregar diretamente o cupom clicando no botão abaixo.

GREENS na Data Fifa ✅

Mesmo com poucos jogos rolando, os palpites do AeP entregaram greens nessa semana de Data Fifa, com os jogos de seleções. Vencemos uma aposta múltipla nas Eliminatórias da Euro e um Criar Aposta em Itália x Equador.

GREEN Equador x Itália

GREEN Euro 21.03

Espanha x Brasil 🇪🇸 x 🇧🇷

Na estreia do treinador Dorival Júnior, o Brasil renovou as esperanças de um futuro promissor, exibindo futebol competitivo e de alta performance diante da Inglaterra. O jogo poderia ter pendido para qualquer dos lados, mas a Canarinho foi mais eficiente nas chances que teve e também na contenção da criação dos ingleses, que tiveram mais posse de bola. Como resultado, venceu por 1×0, gol de Endrick. A Espanha oferece um desafio distinto e vem de um resultado ruim. 

  • calendar-date-purple
    Data: Terça-feira, 26 de Março
  • trophy-purple
    Competição: Amistoso internacional
  • clock-purple
    Horário: 17:30
  • tv-hd-purple
    Onde assistir: Globo e sportv

Sob o comando de Luis de la Fuente, a exemplo dos britânicos, os espanhóis entram em campo mirando a disputa da Euro 2024. Essa foi uma das razões pelas quais o treinador da Roja apostou em uma equipe alternativa diante da Colômbia, na última sexta-feira. Pagou o preço, tendo os Cafeteros marcado um belo e solitário gol em jogada de James Rodríguez, Luis Díaz e Daniel Muñoz. No Santiago Bernabéu, a expectativa é de que a campeã do mundo de 2010 entre em campo com o que tem de melhor, testando seu onze inicial mais robusto.

Em suas últimas partidas, enquanto o Brasil promoveu as estreias de Bento, Fabrício Bruno, Lucas Beraldo, Wendell, João Gomes, Sávio e Pablo Maia, a Espanha lançou pela primeira vez Dani Vivian, Pau Cubarsí e Álex Remiro

Os países se reencontram pela primeira vez desde a famosa vitória verde e amarela na final da Copa das Confederações de 2013, 3×0. O que pareceu um triunfo impositivo, tendo em vista que o quadro ibérico vinha de uma sequência de conquistas, logo se revelou uma ilusão. A Roja passara do ponto, e a Canarinho precisava de ajustes cuja necessidade passou despercebida. 

Ao todo, Brasil e Espanha se enfrentaram 9 vezes, com 5 triunfos sul-americanos, 2 empates e 2 vitórias da Fúria.

Calibrar o time contra adversários fortes

Lamine Yamal, seleção da Espanha
Foto: Reprodução/X @SEFutbol

Após a derrota para a Colômbia, 1×0, o treinador Luis de la Fuente destacou a importância de usar partidas como aquela para fazer testes e dar oportunidades a novos jogadores. Não se importou tanto com o resultado negativo, seu 2º no comando hispânico. O retrospecto, até então, é excelente, com 8 vitórias e 1 empate (com triunfo nos pênaltis), em 11 partidas. 

Nas Eliminatórias para a Euro, a Espanha venceu todos os seus jogos. No entanto, quatro meses transcorreram desde a última Data Fifa, a forma de alguns jogadores se alterou e outras peças ficaram indisponíveis, lesionados ou em busca da melhor forma, como José Gayá, Marco Asensio, Gavi, Ferrán Torres ou Pau Torres. Além disso, De la Fuente não se mostra inclinado a voltar a convocar jogadores mais experientes, como Sergio Ramos (37 anos) e Koke (32), embora mantenha o veterano Jesús Navas (38) entre os escolhidos.

“Nas derrotas, se aprende mais do que nas vitórias. Sabíamos que seria um jogo exigente [contra a Colômbia]. Fomos bem no primeiro tempo, mas há coisas sobre o segundo. Queríamos fazer testes, ver jogadores […] Queríamos calibrar nosso momento jogando com rivais poderosos. Buscávamos competir. Não faltou ambição nem seriedade. Só sabemos jogar para ganhar”, comentou o técnico.

Apesar da vontade de testar alternativas, contra o Brasil, Luis escalará o que tem de melhor. Não apenas por vir de derrota, mas também por atuar em seus domínios, no mítico estádio Santiago Bernabéu, onde será exigido pelas arquibancadas. No momento, não basta dar oportunidade a novas peças, é preciso entender igualmente em que pé se encontram as principais opções espanholas.


Escalação da Espanha

🇪🇸 Provável escalação: Unai Simón; Carvajal, Le Normand, Laporte e Grimaldo; Rodri, Fabián Ruiz e Merino (Yamal); Dani Olmo, Morata e Nico Williams. Técnico: Luis de la Fuente.

Luis de la Fuente, técnico da seleção da Espanha
Foto: Reprodução/X @SEFutbol

Depois de atuar com muitos reservas e promover estreias diante da Colômbia, o treinador Luis de la Fuente deve escalar força total contra o Brasil. Isso significa que devem ir a campo o goleiro Unai Simón, atrás de uma linha defensiva composta pelo lateral direito Dani Carvajal, os zagueiros Robin Le Normand e Aymeric Laporte, e o lateral esquerdo Alejandro Grimaldo.

No meio-campo, Rodri recupera a titularidade e tende a ser acompanhado por Fabián Ruiz e Mikel Merino. No entanto, este pode dar lugar a Lamine Yamal, o que levaria Dani Olmo a atuar mais centralizado.

No ataque, além da dúvida a respeito de Yamal e Olmo, jogam o capitão Álvaro Morata e o driblador Nico Williams.


Dorival pondera fazer mudanças

Dorival Junior, seleção brasileira
Foto: Rafael Ribeiro/CBF

Ainda que o Brasil tenha feito uma ótima partida diante da Inglaterra, Dorival Júnior informou que é improvável que repita a escalação diante da Espanha. O motivo são as condições físicas da maior parte dos jogadores que atuaram, considerando que se encaminham para a fase final da temporada europeia, já desgastados e ainda com objetivos importantes por alcançar. A rotação não tende a ser profunda, porém.

Não apenas a parte física será considerada, as escolhas ponderarão, ainda, a diferença de desafio que a Espanha traz em relação à Inglaterra, com um estilo de jogo mais vinculado ao passe e com menos demandas físicas. Em Wembley, jogadores como Lucas Paquetá e Bruno Guimarães deixaram o campo extenuados.

“Precisamos repensar uma escalação para o jogo seguinte. Primeiro avaliarmos por completo nosso elenco e depois continuar a buscar com treinamentos novamente uma condição que nos dê e facilite quem for a campo tentar entrar e manter esse ritmo que apresentamos”, comentou o treinador.

A elogiada formação tática não deverá sofrer mudanças, como o Brasil seguindo em 4-3-3. “Organização é a palavra para mim. O potencial dos jogadores está aí, não tem o que falar, são sempre jogadores de muito potencial. Acho que a organização nos dá um pouco mais de liberdade e segurança para poder enfrentar esse tipo de partida”, acrescentou o capitão da vez, Danilo.

 

Escalação do Brasil

🇧🇷 Provável escalação: Bento; Danilo, Fabrício Bruno (Bremer), Beraldo e Wendell (Ayrton Lucas); João Gomes (Douglas Luiz), Bruno Guimarães e Lucas Paquetá; Raphinha, Rodrygo e Vinícius Júnior. Técnico: Dorival Júnior.

Bruno Guimarães, seleção brasileira
Foto: Rafael Ribeiro/CBF

Sem contar com Alisson e Ederson, lesionados, a titularidade do gol da Canarinho caiu nas mãos de Bento, que fez estreia segura diante da Inglaterra. 

Capitão, Danilo segue sendo a principal referência defensiva da primeira linha defensiva. Fabrício Bruno foi titular na estreia de Dorival ao lado de Beraldo, dupla que deve ser mantida. Na lateral esquerda, Wendell foi bem, mas esteve entre os que mais deram sinais de desgaste e pode ceder seu posto a Ayrton Lucas.

João Gomes ganhou a disputa pela titularidade com Douglas Luiz na última partida, mas atuou durante toda a partida e pode ser preservado. Ambos vivem grande fase na Premier League. O restante do meio-campo conta com Bruno Guimarães e Lucas Paquetá, substituídos durante o segundo tempo.

No ataque, Vinicius Junior e Rodrygo estão em casa no Santiago Bernabéu e têm presença garantida. Apesar de marcar contra a Inglaterra, Endrick ainda não ganha a vaga no time titular. A tendência é de continuidade para Raphinha.


Dicas de aposta em Espanha x Brasil

A seguir, você confere as dicas de aposta e as pesquisas completas pra cada seleção em Espanha x Brasil, escolhidas na plataforma da Betfair.

Confira abaixo os palpites para o confronto. Em “Ler pesquisa“, você pode ver a análise de cada entrada. E clicando em “Apostar agora” você carrega a aposta completa.

Vamos tentar transformar R$15 em R$105 com a aposta de nível 2!

⚠️ APOSTE COM MODERAÇÃO!

Palpites em dois níveis

Aposta 1
betfair
Odds: 1.4
Vinicius Junior dá 1+ chutes no alvo

Com a camisa da Seleção Brasileira, Vinicius Junior ainda não conseguiu desempenhar no nível que, com regularidade, apresenta-se pelo Real Madrid. Ainda assim é a grande esperança de desequilíbrio positivo de que dispõe a equipe canarinho.

Seu momento no clube é ótimo. Desde que retornou de lesão, no início de janeiro, registra 12 gols marcados e 4 assistências, em 14 jogos. Em apenas 2 dessas partidas o brasileiro não acertou a meta adversária. Se não fez o jogo dos sonhos diante da Inglaterra, ao menos levou perigo ao gol de Jordan Pickford, com 2 finalizações no alvo.

Aposta 2
betfair
Odds: 1.36
Morata dá 1+ chutes no alvo

Álvaro Morata está com o moral lá em cima na seleção espanhola. Em ótima temporada pelo Atlético de Madrid, é desde março de 2023 o capitão da Roja, substituindo Busquets. 

Em 6 partidas das Eliminatórias para a Euro, marcou 4 vezes, alcançando média de 1.2 chutes no alvo por partida. Essa média é exatamente igual à verificada em partidas de LaLiga, quando defende o Atleti. Jogador de referência da equipe, tende a ter chances de balançar as redes do goleiro Bento. 

Aposta 3
betfair
Odds: 1.25
Rodri comete 1+ faltas

Há quem considere Rodri o melhor volante do planeta. De fato, o desempenho do espanhol no meio-campo do Manchester City tem sido brutal. Substituto natural de Sergio Busquets na seleção espanhola, tem mantido nível alto pela Roja

Para bem exercer suas funções, ora defensivas ora ofensivas, por vezes precisa cometer faltas, freando as investidas dos adversários. Na Premier League, sua média é de 1.3 por jogo. Entre os jogadores do Manchester City, é, no acumulado, quem tem mais infrações: 32. Nas Eliminatórias da Euro, pela Espanha, a média foi idêntica, com 9 faltas em 7 partidas. 

É de se esperar que cometa infrações contra o Brasil, um time insinuante e com muito talento do meio para a frente.

Aposta 4
betfair
Odds: 1.3
Mais de 1,5 gols no jogo

Sob o comando de Luis de la Fuente, a Espanha disputou 11 partidas. Em apenas 3 delas (sempre fora do país) deixou de marcar gols, totalizando 32 tentos e concedendo 11. A Roja cedeu gols em mais da metade destas oportunidades, ou 6 partidas. 

O Brasil ainda não tem uma amostra consolidada sob o comando de Dorival Júnior, mas, na vitória contra a Inglaterra, deu bons sinais de que é capaz de perturbar qualquer adversário. Além disso, tem Vinicius Júnior e Rodrygo atuando em casa, o que pode ser benéfico para os atacantes da Canarinho.

Dobre seu depósito na Betfair!
+18, jogo responsável. Leia os termos e condições (link abaixo).

Leia os Termos e Condições da Betfair